Prefeitura de Caxias do Sul perde recurso do caso Magnabosco

O prefeito Adiló Didomenico reiterou que o município não tem condições de fazer o pagamento de um montante tão expressivo

O recurso do município no caso Magnabosco, votado nesta quarta (22.06) em Brasília, no STJ não foi aceito. O procurador Geral do Município, Adriano Tacca e o procurador Felipe Dal Piaz, acompanharam a votação presencialmente. Eles estarão reunidos nos próximos dias para avaliar os encaminhamentos a serem adotados em razão da decisão proferida.

O prefeito Adiló Didomenico reiterou que o município não tem condições de fazer o pagamento de um montante tão expressivo. O resultado de hoje, se mantido, poderá levar a cidade a um colapso, sendo inviabilizada economicamente por décadas e comprometendo serviços básicos como saúde e educação.

O valor em questão passa dos R$850 milhões de reais.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios