Onda vai fazer muito frio no Brasil nos próximos dias segundo a Metsul

Nenhuma grande massa de ar frio vai avançar pelo Brasil nestes primeiros dez dias do inverno e a maior parte do país vai ficar com temperatura perto ou acima da média. Nem mesmo no Sul do Brasil se espera muito frio na maioria das áreas da região nestas primeiras duas semanas da nova estação. Isso, contudo, não significa que todo mundo vai escapar do frio intenso. Até porque há uma grande massa de ar polar na Argentina e que provoca muita neve no país vizinho, as informações são da Metsul.

Uma faixa pequena do território do Sul do Brasil deve enfrentar temperatura muito baixa por dias seguidos. Trata-se da área que compreende a fronteira com o Uruguai, o Sul gaúcho e parte do Leste do Rio Grande do Sul. Estas regiões vão estar sob influência do ar gelado que atua na Argentina e vai persistir nos próximos dias, deslocando-se pouco para Norte e tangenciando uma parte do Sul do Brasil.

A temperatura já é baixa na Metade Sul gaúcha pelo efeito da proximidade com o ar mais frio sobre o Uruguai e a Argentina. No final da manhã desta quarta-feira, estações meteorológicas indicavam marcas de 9,4ºC em Herval, 9,7ºC em Pinheiro Machado, 10,0ºC em Aceguá, 10,4ºC em Livramento, 10,6ºC em Piratini, 11,4ºC em Bagé, 11,6ºC em Jaguarão, 11,9ºC em Caçapava do Sul e 12,7ºC em Encruzilhada do Sul.

A previsão até sexta-feira é que a temperatura oscile pouco e se mantenha baixa no Sul gaúcho e na Campanha com os termômetros indicando entre 8ºC e 13ºC na maioria das áreas. No fim de semana, com ar mais seco e frio, as mínimas tendem a declinar bastante na Campanha, no Sul e fronteira com o Uruguai com geada. A previsão é de marcas de 2ºC a 5ºC no sábado e de -2ºC a 1ºC no domingo. Na Serra do Sudeste, mínimas ainda menores podem ser anotadas. Na segunda, as mínimas se elevam, mas seguem baixas e devem ficar entre 1ºC e 3ºC.

Parte da massa de ar frio vai se estender pelo Leste gaúcho, o que vai trazer marcas menores na região de Porto Alegre no fim de semana com 10ºC na capital no sábado, 6ºC no domingo e 8ºC na segunda-feira. Os efeitos serão sentidos ainda na Serra e Aparador por estarem mais a Leste com até 4ºC a 5ºC no final do sábado e um amanhecer congelante no domingo com mínimas de 0ºC a 2ºC na Serra e até -3ºC ou -4ºC em baixadas dos Aparados. Na segunda, mais marcas abaixo de zero são previstas nos Campos de Cima da Serra.

O amanhecer do domingo deve ser muito frio ainda em outras regiões gaúchas com 2ºC a 4ºC no Centro do Estado, 1ºC a 3ºC no Noroeste, Alto Jacuí e no Planalto Médio e 3ºC a 5ºC no Oeste. Com isso, o domingo no Rio Grande do Sul pode amanhecer com presença de geada nos campos e gramados em grande número de municípios do Sul ao Norte do Estado.

NO RESTANTE DO BRASIL

Em Santa Catarina e no Paraná, a influência do ar frio será mais sentida a partir do fim de semana no Leste dos dois estados, mas sem previsão de temperatura muito baixa. No Planalto Sul de Santa Catarina e em pontos do Sul catarinense é que podem ser anotadas mínimas mais baixas no amanhecer do domingo e da segunda-feira.

Na cidade de São Paulo, pelo deslocamento do ar frio pelo oceano, será sentida uma queda da temperatura no começo da semana, entretanto sem mínimas que fujam muito do normal com 10ºC a 11ºC na segunda e 9ºC a 10ºC na terça. No Centro-Oeste, a esmagadora maioria dos municípios não sentirá os efeitos do ar frio.

GELO NA ARGENTINA

O núcleo da massa de ar polar atua na Argentina e no Uruguai, onde o frio é mais intenso e com as menores mínimas nesta segunda metade da semana e no próximo fim de semana. O ar frio não consegue progredir muito para Norte, não vai avançar com uma trajetória pelo interior do continente e seu efeito no Brasil será mais sentido no Rio Grande do Sul e áreas mais perto do oceano nos demais estados do Sul e do Sudeste.

Hoje, o frio foi muito intenso na Argentina no começo do dia. As mínimas, conforme os dados do Serviço Meteorológico Nacional (SMN), foram de -12,6ºC em Maquinchao, -11,0ºC em Calafate, -10,5ºC em Perito Moreno, -10,1ºC em Trelew, -10,0ºC em Madryn, -9,7ºC em Esquel, -7,5ºC em Gobernador Gregores e -6,5ºC em Bolson.

No Centro da Argentina, os termômetros indicaram marcas baixas também hoje cedo. Na área da Grande Buenos Aires, Ezeiza anotou temperatura negativa com -0,3ºC. No interior da província de Buenos Aires, a madrugada foi congelante com -5,6ºC em Benito Juarez, -4,5ºC em Azul, -4,3ºC em Tandil, -3,9ºC em Dolores e -2,6ºC em Tres Arroyos.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios