Foragido que ameaçava e extorquia a ex-companheira é preso em Gramado

Autor levou mulher a força ao cartório para assinar documentos

Na tarde desta terça-feira (17), a Brigada Militar de Gramado prendeu em flagrante no cartório de registros de Gramado, na área central, um foragido do sistema prisional que ameaçava a esposa e a forçava assinar a transferência do carro dela, que já estava de posse dele sem sua permissão. Vítima ainda possuía medidas protetivas contra ele.

Por volta das 14h30min, a mulher de 36 anos, entrou em contato com a Brigada Militar, através de aplicativo WhatsApp, passando a trocar mensagens relatando que seu ex-companheiro, contra quem possui medidas protetivas, tinha ido até seu trabalho, também no centro, lhe ameaçando e exigindo que lhe acompanhasse até o cartório, para assinar alguns documentos.

Antes de sair do trabalho, ela fingiu ir ao banheiro, onde entrou e contato com os policiais militares, pedindo ajuda, relatando a situação e informando sua localização.

Eles saíram de a pé do local do trabalho dela, e iriam até o carro, mas ele sempre dizendo que o veículo estava mais para frente, até que chegaram no cartório, onde ele a forçou a entrar. Nesse momento, ela disse através de mensagem que estava entrando e não poderia mais se comunicar com o policial militar.

A guarnição que já deslocava na direção, entrou no estabelecimento e abordou o acusado. Em consulta ao sistema ainda foi constatado que estava foragido do sistema prisional desde o começo do mês.

O autor de 35 anos, com diversos antecedentes por apropriação indébita, furtos, roubos e tráficos de drogas, foi preso em flagrante, sem direito a fiança por descumprimento de medida protetiva, ameaça, extorsão e do furto de veículo, sendo conduzido ao presídio de Canela.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios