Policial aposentado é preso após matar esposa com tiro na cabeça no litoral norte

A Polícia Civil está investigando mais um caso de feminicídio. Dessa vez, a ocorrência é em Cidreira, no Litoral Norte.

Conforme a polícia, um policial militar aposentado de 58 anos atirou na cabeça da esposa, de 42 anos, na residência do casal. Ela morreu no local. A Brigada Militar (BM) foi acionada. A guarnição do 8° Batalhão de Polícia Militar (8° BPM) apreendeu a pistola calibre .380 usada no crime e prendeu o sargento inativo.

O policial foi preso em flagrante. Informalmente, ele contou que presenciou uma discussão da esposa com o filho do casal, um jovem de 21 anos com Síndrome de Down. Com o avançar da discussão, a companheira tentou esfaquear o filho e o policial disse que atirou nela.

Os investigadores escutam testemunhas para confirmar a versão do preso e descobrir mais destalhes sobre a motivação do crime.

Informações Agência GBC.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios