Segue foragido da polícia o homem que matou mãe e filha em Passo Fundo

A Polícia Civil segue investigando para elucidar o caso do duplo feminicídio, que ocorreu na cidade de Passo Fundo, na última segunda-feira, 17. O caso aconteceu na Rua Lava Pés, proximidades do antigo IOT.

Na ocasião, duas mulheres, mãe e filha, foram mortas de forma brutal pelo ex-companheiro de uma das vítima.

O homem chegou em uma motocicleta de cor preta, efetuou disparos em direção a sua ex-sogra, Isabel Cristina Muniz de Oliveira, 63 anos e depois contra sua ex-mulher, Thairine de Oliveira, de 31 anos , que tentou correr, em busca se socorro. As duas mulheres morreram no no momento dos disparos. A mãe, na porta da residência onde morava e sua filha, no pátio de uma pousada, no outro lado da rua.

Uma terceira mulher, ex-cunhada do atirador, também foi baleada e foi conduzida ao atendimento médico em estado estável de saúde.

Segundo informações, a Thairine possuia medidas protetivas contra o ex-companheiro, devido ao histórico de violência doméstica.

Até o momento, ele não foi localizado e já é considerado um foragido da polícia.

A delegada responsável pela investigação do caso não quis dar detalhes sobre o fato para que as investigações não sejam prejudicadas.

Com informações e foto da Rádio Planalto News.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios