Menina de dois anos e 11 meses que morreu em acidente de carro em Lagoa Vermelha é velada em Caseiros

Moradores de Caseiros dividem com a família de Sophia Zonatto Godinho, que completaria três anos no dia 26 deste mês, a dor da perda de menina. Moradora do interior do município, que tem 3.228 habitantes, a pequena perdeu a vida em um acidente de trânsito na tarde de quarta-feira (19), na BR-285, em Lagoa Vermelha. O velório dela começou por volta das 10h dessa quinta-feira (20), na Funerária Mossi. O corpo da menina será cremado na sexta-feira (21) no Crematório de Passo Fundo, as informações são do Jornal O Pioneiro.

Ela estava em uma caminhonete dirigida pela mãe dela, Camila Zonatto Godinho, 32 anos, quando o carro saiu da pista, desceu um barranco e colidiu contra uma árvore. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Lagoa Vermelha, chovia no momento do acidente, por volta das 16h25min, quando mãe e filha estavam no trecho próximo a ponte do Rio Passinho Fundo. A menina estava na cadeirinha e ficou presa às ferragens, sendo que o carro colidiu na árvore do lado onde a pequena estava.

Ainda segundo os bombeiros, a mãe da criança, mesmo com ferimentos graves, se arrastou do carro até a rodovia para pedir ajuda. Ela foi socorrida e levada ao Hospital São Paulo, em Lagoa Vermelha. De lá, foi transferida para São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, onde segue internada na emergência.

A menina deixa a mãe Camila, o pai Júnior César Godinho, 38, avós e demais familiares.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios