Homem é preso após matar a companheira a tiros em frente a filha em Jaguarão, diz polícia

Uma mulher de 44 anos foi morta na noite desta sexta-feira (8) em Jaguarão, no Sul do Rio Grande do Sul, após ser atingida por três tiros na cabeça. Os disparos foram feitos pelo companheiro da vítima, de 68 anos, que foi preso em flagrante pela Brigada Militar, conforme a Polícia Civil, as informações são do Portal G1.

De acordo com a delegada Juliana Ribeiro, o casal mantinha um relacionamento há mais de 25 anos. Nesse período, ambos chegaram a se separar por causa de discussões. No ano passado, uma medida protetiva foi solicitada pela mulher. No entanto, a ordem deixou de ser aplicada quando os dois voltaram a morar juntos.

Na sexta, por volta das 19h30, o casal voltou a discutir. Ao não concordar com uma nova separação, o homem efetuou os disparos. Ao fugir, foi encontrado por policiais militares e preso em flagrante com a arma usada no crime. O revólver tinha a numeração raspada e sem o registro do porte.

O casal tinha três filhos. Segundo a delegada Juliana Ribeiro, que comanda a investigação, o feminicídio foi praticado na presença da filha de 26 anos. A outra filha, de 10 anos, também estava na residência, em outro local. O indivíduo foi ouvido e encaminhado ao presídio de Jaguarão. O corpo da vítima foi levado ao DML de Pelotas.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios