EsportesStudio Sports

Um dia triste para o futebol veranense – VEC 0x1 Avenida (Gauchão Série A2 – Quartas de Final)

O futebol é alegria do povo! Essa frase, mais que centenária, foi usada para popularizar o esporte no país e foi melhorada por Jaak Bosmans que cravou: “Futebol não é a alegria do povo. O povo é que é a alegria do futebol”!

Eis que no último sábado (30), a comunidade veranense se entristeceu com uma tarde de futebol, que tinha tudo para ser festiva…

A partida que acabou com o sonho do VEC em retornar para a elite do futebol gaúcho, começou bem antes da bola rolar. Digamos que a partida de ida foi o estopim dos acontecimentos derradeiros da tarde de sábado passado. O polêmico pênalti não marcado para o Avenida, desencadeou reações excessivas dos envolvidos no confronto e deixou o clima quente para o jogo de volta.

Tanto que, desde a chegada do ônibus da delegação do clube de Santa Cruz do Sul, ao estádio Antônio David Farina, até o início da partida, uma série de eventos e conflitos foram registrados, que evidenciavam os ânimos exaltados de todas as partes.

O jogo em sí foi por boa parte, ataque contra defesa. Durante os primeiros 40 minutos, o Avenida pouco passou do meio-campo e o VEC tinha a iniciativa. E num lance fortuito dos visitantes, ao final da primeira etapa, um pênalti foi marcado e convertido, jogando um balde água fria em todos no ADF.

Imagens: Pâmela Brilhante/Avenida

A segunda etapa foi de intensa pressão do Pentacolor em busca do empate, porém, o goleiro adversário, a trave e o emocional, evitaram que o VEC conseguisse mandar a bola para as redes.

Paralelo ao jogo, cenas muito tristes e poucas vezes vistas na história do ADF aconteciam, o confronto entre as forças de segurança e a torcida veranense, era tão triste quanto inacreditável.

Ao final da partida e a decretada eliminação pentacolor, uma guerra campal começou e agressões diversas deixaram a tarde ainda mais lamentável. Quando tudo parecia terminado, a coletiva de imprensa do técnico Cristian de Souza, foi encerrada, pois uma nova briga generalizada entre dirigentes, jogadores e comissão técnica reiniciou, deixando todos que ainda estavam no estádio, incrédulos com o que era visto.

Por fim, uma eliminação dolorosa, com episódios lamentáveis, que tornaram o dia 30 de outubro de 2021, como um dos dias mais tristes da história do futebol veranense!

COMO JOGARAM:

Anderson – Fez um campeonato regular, salvou a equipe da derrota no jogo de ida e cometeu o pênalti que causou a eliminação – 6,0

Duda – Um belo campeonato e boa atuação no jogo derradeiro – 7,0

Cleiton – Ficou boa parte do campeonato lesionado e agregou experiência e qualidade ao elenco – 7,0

Douglas – Começou bem a competição, atuações irregulares na fase final – 6,0

Dal Pian – Peça fundamental no time, sem substituto no elenco, tanto que com sua saída, o time sofreu o gol – 8,0

Vacaria – Bravura acima da média, mesmo com algumas limitações físicas – 7,0

Elias – Um dos grandes destaques da equipe durante toda competição – 7,5

Wallacer – Bem abaixo do que já fizera em outros times – 5,0

Tom – Artilheiro da equipe, parado pela trave no confronto decisivo – 8,0

Mandacarú – Perdeu um gol cara a cara com o goleiro na primeira etapa que poderia mudar a história do confronto e teve um campeonato bem irregular – 5,0

Matheus – Um bom campeonato, porém, no jogo decisivo, não conseguiu ter sucesso nas disputas – 7,0

Nícolas – Novamente entrou na função que não é sua especialidade – 4,0

Sapeca – Pouco usado, pouco efetivo – 4,0

Pedalada – Bem irregular – 6,0

Dionathan – Pouco tempo – sem nota

Cristian de Souza – Um belo início de campeonato, porém, algumas escolhas justificaram derrotas. Acredito que fez um bom trabalho com o elenco que tinha – 8,0

KID SANGALI

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios