Policial

Ex-companheira assume ter esfaqueado, em legítima defesa, jovem morto em Bento Gonçalves

Em investigação da 1ª Delegacia de Polícia Civil (DP), foi apurado que a ex-companheira do jovem, que acabou falecendo na manhã desta quarta-feira, 24, desferiu os golpes de faca que levou Bruno Botassoli a morte, as informações são do Jornal O Semanário.

Segundo apuração do delegado Renato Nobre, ela reagiu em legítima defesa, pois o indivíduo arrombou a porta de sua casa. A jovem já tinha medidas protetivas contra o homem que invadiu sua residência. Mãe e pai da garota também foram ouvidos pelo responsável da 1ªDP,

O caso:

Um jovem de 25 anos não resistiu aos ferimentos e morreu após ser esfaqueado em Bento Gonçalves. O fato ocorreu nesta quarta-feira, 24, no bairro Conceição, no momento em que ele tentava entrar na casa da ex-companheira, uma jovem de 20 anos, que reside na rua Agostinho Casagrande.

De acordo com as informações, mesmo ferida, a vítima, identificada como Bruno Botassoli, conseguiu pular o muro da casa e cair no pátio. Um vizinho teria socorrido o rapaz e colocado dentro de um veículo para levá-lo ao hospital Tacchini. Neste momento, uma guarnição da Brigada Militar chegou ao local e foi informada sobre o ocorrido, escoltando o carro onde estava a vítima até a casa de saúde.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios