EsportesStudio Sports

Entra ano, sai ano e a ‘toca’ continua! – Juventude 2×1 Internacional (Campeonato Brasileiro – 31ª Rodada)

Na noite desta quarta-feira (10), em confronto no estádio Alfredo Jaconi, o Internacional saiu derrotado pelo Juventude e perdeu a chance de entrar no G-6, novamente.

A primeira etapa foi de um jogo equilibrado, onde as duas equipes tiveram posse de bola em determinados tempos e tiveram suas chances de gol. Lomba fez boas defesas e o Colorado teve quatro chances, inclusive com bola na trave de Maurício.

Na segunda etapa, os caxienses voltaram melhor, atacando mais, o Inter estava reativo e, mesmo com as trocas de Aguirre, não melhorou, tomando o primeiro gol de bola parada e o segundo, em gol contra de Paulo Victor.

Imagens: Fernando Alves/E.C.Juventude

Após sofrer os gols, o Colorado resolveu atacar e buscou seu tento com o jovem Cadorini, mas era tarde demais…

Aos colorados, o que posso dizer: estou cansado de ver este time jogar de forma reativa, seguimos jogando com três volantes, pois Edenilson jogando aberto pela direita não rende, não é ali sua posição, não é nesta função em que ele é chamado para a Seleção, e sim como um segundo volante. Precisamos colocar um ponta e recuar Edenilson para a sua posição.

E por favor, chega de atacar e criar só depois que tomamos gols, esta forma de jogar reativa, não é do tamanho do Internacional!

Espero que em 2022 isto mude!

COMO JOGARAM:

Marcelo Lomba – Boas defesas e não teve culpa nos gols – 7,0

Mercado – É zagueiro e não lateral – 6,0

Bruno Méndez – Precisamos comprar este jogador – 7,0

Cuesta – Esteve sólido, como de praxe – 6,0

Paulo Victor – Deu um belo cruzamento para o gol colorado, mas fez um contra – 5,0

Lindoso – Esteve mal, parecia cansado – 6,0

Dourado – Não jogou bem, muita lentidão – 6,0

Edenilson – Apagado, errou passes e não apareceu na frente – 5,0

Palacios – Bom primeiro tempo, ruim no segundo. Precisa de mais minutos – 6,0

Maurício – Também fez bom primeiro tempo e meteu bola na trave. Saiu na segunda parte, o que não dá para entender – 7,0

Yuri Alberto – Muito isolado, não conseguiu ter uma boa atuação – 6,0

Johnny – Falhou no gol de bola aérea do Juventude – 5,0

Gustavo Maia – Tentou algumas jogadas, mas não foi o diferencial – 6,0

Boschilia – Após sua lesão, não consegue render, não acrescentou – 5,0

Cadorini – Deixou seu gol e tem futuro – 7,0

Heitor – Poucos minutos – sem nota

Diego Aguirre – Precisa parar de usar três volantes e tentar com que o time não seja tão reativo – 6,0

RICHA ESCHIAVON

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios