Política

Bolsonaro afirma que tem vontade de privatizar a Petrobras e que estuda viabilidade com equipe

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que tem conversado com integrantes de seu governo para verificar a viabilidade de privatizar a Petrobras. “Tenho vontade de privatizar a Petrobras. Estou conversando com a equipe. Porque quando aumenta a gasolina, a culpa é minha. Quando aumenta o gás, a culpa é minha”, disse, as informações são do Portal R7.

A declaração foi feita durante uma live nas redes sociais, na manhã desta quinta-feira (14). O presidente falou que o governo federal mantém os valores dos impostos federais inalterados desde janeiro de 2019, mas que os governadores têm aumentado o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) durante a pandemia.

“Você sabe quanto é o ICMS no seu estado? É um percentual fixo. E toda vez que varia o preço do combustível, apesar de o percentual ser fixo, ele equivale a mais dinheiro para o governador. Ele não incide em cima do preço na refinaria ou no preço da usina. Ele incide em tudo, inclusive há bitributação em cima disso. O ICMS incide em cima do imposto federal, em cima da margem de lucro do dono do posto de combustível, em cima das distribuidoras.”

Bolsonaro agradeceu ao presidente da Câmara, o deputado Arthur Lira (PP-AL), pela aprovação do projeto que vai possibilitar a redução no preço dos combustíveis. Ele disse que houve modificação no projeto enviado pelo Planalto, mas que a aprovação da proposta vai permitir baixar os valores ao consumidor.

“Ontem a Câmara aprovou um projeto, eu mandei um projeto para lá, modificaram, não é o que eu queria, mas aprovou, mas vai ajudar, uma vez passando no Senado, a previsão é baixar em média 7% nos preços dos combustíveis. É a previsão. Mas dá para baixar muito mais.”

Para ele, quem defendeu o “fique em casa” durante a pandemia é também responsável pela crise econômica em todo o mundo e pela alta de preços dos combustíveis e de alimentos, como a carne.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios