Geral

Vigilância Ambiental de Caxias do Sul encontra 69 pneus abandonados

A Vigilância Ambiental em Saúde, ligada à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), recolheu mais 69 pneus abandonados durante operação realizada nos bairros Mariani, Vila Lobos e Santos Dumont nesta semana. Ao longo do ano foram coletados 568 unidades.

A SMS alerta para a importância de ser feito o descarte correto, pois os objetos, se ficarem expostas às chuvas, podem se tornar criadouros do Aedes aegypti, mosquito causador da dengue. Os pneus usados devem ser encaminhados para o Ecoponto da Codeca ou armazenados em locais secos e fechados.

Foram identificados 180 focos do Aedes aegypti neste ano no município, enquanto em 2020 foram somente 27. É importante a colaboração de todos para eliminar a ameaça do mosquito.

Distribuição dos focos na cidade

  • Um foco – Centro, Charqueadas, Cristo Redentor, Jardim do Shopping, Jardim Eldorado, Marechal Floriano, Mariani, Santa Fé, Santa Lúcia, Universitário, Vila Seca e Vinhedos
  • Dois focos – Desvio Rizzo/Jardim da Lagoa, Jardim América, Mariland e Pio X
  • Três focos – Centenário e Sagrada Família
  • Quatro focos – Santa Lúcia Cohab
  • Cinco focos – De Lazzer e Tijuca
  • Seis focos – Charqueadas I e Petrópolis
  • Sete focos – Charqueadas II e Nossa Senhora de Lourdes
  • Oito focos – Bela vista
  • Nove focos – São Cristóvão
  • 10 focos – Reolon
  • 11 focos – São Luiz da 6 ª Légua
  • 13 focos – Colina Sorriso
  • 20 focos – São José
  • 43 focos – Cruzeiro

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios