EsportesStudio Sports

Sentindo do próprio veneno – VEC 2×2 Passo Fundo (Gauchão Série A2 – 6ª Rodada)

Antes da bola rolar para o duelo no ADF, se tinha a expectativa de mais uma vitória em seus domínios, já que o Pentacolor, líder isolado do Grupo A, enfrentava o lanterna, Passo Fundo. Não que as posições das equipes tenham mudado ao término da rodada, mas o que se viu dentro de campo não condiz com a campanha das equipes até o momento.

Muito do que aconteceu no La Farinera, se deve as várias mudanças do técnico Cristian de Souza. Pela grande sequência de jogos em poucos dias, precavendo possíveis lesões, o Pavão da Serra foi bastante modificado para o duelo e teve dificuldade contra os desesperados passo-fundenses.

Tanto que saiu atrás do marcador logo cedo. Isso aconteceu pela primeira vez no campeonato até aqui. O VEC não se precipitou e chegou a igualdade ainda no primeiro tempo. Também na bola aérea fez o segundo na etapa final e ali se desenhava mais uma vitória e os 100% de aproveitamento dentro de casa. Mas da mesma forma, sentindo o mesmo golpe, no último lance do confronto, o Passo Fundo chegou ao empate, também por cima, fazendo o Veranópolis provar do próprio veneno!

Faz parte, a Série A2 é assim! As vezes da caça, as vezes do caçador!

Não tenho dúvidas de que se mais titulares estivessem em campo o VEC venceria, como não tenho dúvidas de que se o Passo Fundo jogar assim nas próximas rodadas, também não só, evita o rebaixamento, como briga por vaga à próxima fase.

Seguimos torcendo, avante PENTACOLOR!

COMO JOGARAM:

Anderson – Falhou no primeiro gol e não teve culpa no segundo – 5,0

Pedalada – Foi bem, atacou e marcou, mas perdeu um daqueles gols chamados de “feito”- 6,0

Douglas – Teve dificuldades na bola aérea sob tudo – 5,0

Cleiton – Fez um de cabeça e liderou a defesa até o último lance quando o seu marcador empatou – 5,0

Edimilson – Teve dificuldades quase todo tempo, não foi bem – 3,0

Elias – Com outro companheiro e um pouco mais recuado, também não foi bem – 4,5

Dionathan – Bem marcado, pouco chegou a frente, ficou mais contido na marcação – 5,5

Wallacer – Levou constante perigo nas bolas paradas. Assistência para o primeiro gol – 6,0

Carlinhos – Tentou criar pelos lados de campo, mas por vezes, escolheu opções erradas de jogada – 4,0

Tom – Sofreu com a forte marcação. Foi razoavelmente bem, mas dessa vez não deixou a sua marca – 6,5

Mandacarú – Faz bem o pivô, mas não teve chances para marcar e pouco contribuiu – 5,0

Matheus – Um dos melhores em campo, incendiou o jogo e deu assistência para o segundo gol – 7,5

Nícolas – Poupado desta vez, meteu a correria pelo lado do campo e criou boas jogadas pelos lados – 6,5

Souza – Entrou na lateral e cometeu a falta que originou o gol de empate – 5,0

Biel – Também começou no banco, entrou e marcou mais um gol. Vem ganhando confiança – 6,5

Henrique – Pouco apareceu desta vez – 5,5

Cristian de Souza – Modificou muito a equipe para o confronto e, com isso, teve dificuldades – 5,0

NATO SANGALI

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios