Geral

PATRAM localiza dano em grande área de preservação permanente no interior de Vacaria

Na manhã do último domingo (12) policiais militares ambientais, registraram grave ocorrência de dano em área de Preservação Permanente, no interior da cidade de vacaria.

Durante uma fiscalização em propriedade rural no interior do município de Vacaria, foi localizado um grande dano em área de preservação permanente além de supressão de vegetação nativa e pinheiro araucária, objeto de especial preservação. Na oportunidade foi constatada a abertura de 34 valos no interior de um banhado, totalizando 4.016 mil metros lineares de valos aberto, destruindo uma APP de 16,6 hectares localizadas em dois pontos da propriedade.

Além disso, houve a subtração de 13 pinheiros araucária identificados através das imagens de satélite, nesta mesma área, verificado a supressão de 5,48 hectares de vegetação nativa componente do bioma mata atlântica em diversos pontos da propriedade.

O responsável pelo dano apresentou contrato de arrendamento da área e relatou que sua intenção é implementar um pomar de maçãs nessa área. Observando que toda estrutura física do banhado, a função de filtro biológico além da retenção da água tenha sido destruído e canalizado para o interior do Rio Quebra Dente, com a aplicação da grande quantidade de agrotóxicos que requer o pomar de maçã, devido o escoamento da água pluvial em contato com esta APP canalizada, haverá grave contaminação no leito do Rio.

Desta maneira foram tomadas as devidas providencias legais enquadrado no Art 38 da Lei dos crimes Ambientais 9605/98.

Informações Patram e Rádio Lagoa.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios