Policial

Condenado por estuprar menina e atear fogo ao corpo está foragido pela 3ª vez em Venâncio Aires

Responsável por um dos crimes mais bárbaros da história de Venâncio Aires teve saída temporária e não retornou

Thomé José Noll, condenado por ter matado uma menina de 10 anos e queimado o corpo, em 2004, está foragido pela terceira vez. Ele estava preso, mas teve a saída temporária decretada e não retornou mais ao sistema penitenciário. Nas duas fugas anteriores foi recapturado, isso nos anos de 2019 e 2016. As informações são do jornal Folha do Mate, de Venâncio Aires.

Relembre o caso

Ainda adolescente, o então morador do bairro Coronel Brito protagonizou um crime que chocou a população venâncio-airense. Ele passou a ser investigado depois que uma menina de 10 anos desapareceu do bairro Macedo, onde morava com a família. O corpo foi localizado dia 31 de outubro de 2004 e estava parcialmente queimado, localizado às margens da RSC-453, distante cerca de um quilômetro do trevo de acesso à cidade.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios