Notícias

ONG Instinto Coruja resgata cachorra que foi atropelada em Veranópolis

A ONG Instinto Coruja resgatou na última semana uma cachorrinha que foi vitima de um atropelamento em Veranópolis. Confira abaixo o relato da ONG:

Essa moça, que resolvemos chamar de Ísis, foi atropelada na noite da última quinta-feira!
Por poucos segundos ela não perdeu sua vida, uma vez que não conseguia nem sair do meio do asfalto sozinha!
.
Já é um absurdo deixar seus animais livres pela rua em situações normais, quanto mais em uma noite fria como aquela e estando, a Ísis, no cio!
.
Diante do pedido de ajuda de pessoas que passavam pela rodovia, nos deslocamos imediatamente até o local do atropelamento e procedemos com o seu resgate! Em questão de minutos ela precisou ser estabilizada e entrar em cirurgia, pois estava com uma fratura cranial horrível e correndo risco de vida iminente, caso não fosse operada logo!
.
Felizmente Ísis nasceu de novo e agora está a procura de um novo lar com urgência!!
.
Se quiser adotá-lá ou fazer lar temporário, entre em contato conosco!
.
Nossos eternos agradecimentos aos vets @rafa.amossi e @vet.samuelattolini por de imediato atenderem nosso chamado e fazerem todo o possível para salvar mais uma vidinha!
.
Pessoal, a continha da Ísis já passou dos R$ 2.000,00 e se alguém desejar nos ajudar a quitar esse valor, nosso PIX é 10.426.279/0001-23.
.
Obs.: se tiverem informações sobre quem são os seus tutores, nos avisem! Faremos questão de responsabilizá-los por tudo que ocorreu com ela, e brigaremos dentro da lei pela tutela da Ísis!

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Algum órgão da prefeitura deveria disponibilizar algum telefone para denúncias e fiscalização de animais. Tanto os soltos pelas ruas que possuem donos quanto alguns que vejo seguido amarrados em meio metro de corrente, muitas vezes sem água e comida. Fica um empurra, empurra de responsabilidades, entre a prefeitura e a ong. Sempre estes assuntos ficam sem solução. Eu adoro animais, mas muitos ali no canil só sofrem com doenças incuráveis, não seria de sacrifica-los e dar lugar para outros? Além dos custos só prolongam o sofrimento dos animais. Mas os veterinários devem ficar felizes com a grana dos remédios. Ao meu ver o custo médio por cão deveria ficar no máximo em R$ 200,00. É o que eu gasto para manter dois cães Pastores. Qualquer coisa diferente disso deveria ser vetada. Outra coisa esta ong é só para cães? Porque o que tem de gatos se proliferando pela cidade sem o menor controle.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios