Geral

Expulso de rodizio por ‘comer demais’, pintor vira garoto-propaganda

Da noite para o dia o pintor João Carlos Apolonio, 29 anos, via sua vida se transformar. De desempregado a garoto-propaganda e com as dívidas quitadas.

Tudo começou após João Carlos compartilhar nas redes sociais que foi expulso de um restaurante da rede de fast-food Ragazzo no bairro do Ipiranga, na zona sul de São Paulo, por “comer demais”.

O pintor pagaria pelo rodízio R$19,90. Mas após comer 15 pratos, ele foi convidado pelo gerente do restaurante a deixar o estabelecimento sem pagar a conta.

O vídeo publicado em uma rede social teve mais de 130 mil visualizações. João Carlos viu o número de seguidores saltar de 5 mil para 43 mil em um dia.

A história do pintor, que estava desempregado e sem pagar aluguel há 5 meses, ganhou projeção nacional que ele foi convidado para ser garoto-propaganda da rede de fast-food. Com o dinheiro, o pintor quitou os alugueis atrasado e ainda ficou com um dinheirinho no bolso.

João Carlos ainda foi convidado a voltar ao restaurante para comer à vontade, sem restrições. Nesse retorno, o pintor comeu 35 refeições.

Fonte: Catracalivre

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios