Policial

Polícia prende suspeito de matar filha de 13 anos, em São Leopoldo

Homem foi preso pela Brigada Militar, na tarde desta quinta-feira, após tentar se jogar de uma passarela na BR-116

A Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de São Leopoldo confirmou, no fim da tarde desta quinta-feira, a prisão de um homem suspeito de matar a filha de 13 anos no município do Vale dos Sinos.
Continua depois da publicidade

De acordo com a titular da DPHPP, delegada Isadora Galian, o homem, que fugia de um linchamento, tentou se jogar de uma passarela na BR 116, na região do bairro Rio dos Sinos, e acabou preso pela Brigada Militar. A ocorrência que mobilizou o suspeito durou cerca de 30 minutos e causou congestionamento no trânsito. Além da BM, equipes da Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e da Samu de São Leopoldo atenderam a ação.

Ainda segundo a delegada, o homem ainda não prestou depoimento à polícia, por ter sido preso sob efeito de drogas. “Ele foi apreendido aqui na delegacia, tivemos que acionar o Samu porque ele estava sob efeito de crack e cocaína. Então, nós estamos esperando que esses efeitos da droga passem para que a gente possa fazer esse interrogatório da maneira mais tranquila possível, relatou a delegada em entrevista ao programa Cidade Alerta, da Record TV.

A policial também confirmou que o homem já tinha antecedentes por crimes de violência sexual contra duas crianças, um menino e uma menina, filhos de uma ex-companheira. Um exame para identificar se a vítima sofreu abuso sexual foi solicitado pela equipe volante da Polícia Civil, mas, até o momento, o resultado não chegou às autoridades. A mãe da jovem prestou depoimento na manhã de hoje.

O preso é o principal suspeito de espancar e esfaquear até a morte a própria filha dentro da residência no bairro São Miguel. A suspeita é de que o crime, descoberto na noite dessa quarta-feira, tenha ocorrido cerca de 24 horas antes. Os agentes recolheram, na casa, a faca de cozinha supostamente usada no crime. A arma branca vai ser periciada.

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios