NotíciasPolítica

Câmara de Veranópolis aprova proposta de remoção de veículos abandonados em via pública

Segundo estimativa do Legislativo, cerca de dez carros estão em situação de abandono

Foi aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores de Veranópolis, na sessão da segunda-feira, dia 21 de junho, a proposição n.º 097/2021, que dispõe sobre a remoção de veículos abandonados ou estacionados em situação que caracterize seu abandono em via pública. A medida foi proposta pelo vereador Cristiano Dal Pai (PDT), mas ganhou endosso de outros legisladores.

No projeto, está sendo proposta a proibição de abandonar veículos ou estacioná-los em situação que caracterize seu abandono em via pública do município. Em caso de ser constatada a infração, o proprietário terá 10 dias para a retirada. Caso ela não ocorra, o veículo será removido. Segundo o ante projeto, nenhuma multa será aplicada pela infração, apenas haverá a cobrança dos valores de transporte ao pátio, ressalvados outros quantitativos devidos aos órgãos municipais, estaduais ou federais, integrante do Sistema Nacional de Trânsito

– Veículos abandonados pelas vias públicas prejudicam o fluxo de outros veículos e pedestres, bem como o atendimento aos serviços públicos em geral, tais como a limpeza das ruas, serviços de emergência etc – afirma a justificativa presente na indicação.

Agora, a medida vai para o Executivo, que poderá transformar ou não a indicação em projeto de lei. Caso esta última seja a decisão da Prefeitura, a proposta volta, novamente, para aprovação dos vereadores.

Clique aqui e veja o projeto na íntegra.

Entrevista tratou sobre o tema

No papo de vereador realizado no dia 08 de junho, o presidente da Casa, Cristiano Valduga Dal Pai (PDT) falou sobre este e outros projetos. Assista:

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios