Notícias

Próximos da fila: em Veranópolis, destino de doses remanescentes será analisado na próxima semana

A cidade avalia se efetivará a aplicação nos professores ou se irá partir para pessoas com menos de 60 anos, sem comorbidades

A vacinação contra a covid-19, para professores, voltou ao centro do debate nesta semana. Com a autorização da Secretaria Estadual de Saúde (SES) para aplicação dos imunizantes nesse grupo, com doses remanescentes, municípios gaúchos começaram a realizar a aplicação. Contudo, após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) de interrupção do processo, a SES mudou de postura e indicou que a aplicação fosse interrompida. Em meio a esse impasse encontra-se, também, Veranópolis.

A cidade, na última semana, realizou um levantamento com as escolas. Com o quantitativo de imunizantes remanescentes, que estão na casa de mil, a pesquisa apontou que seria possível vacinar grande parte dos trabalhadores do setor. A logística de aplicação já estava sendo organizada quando, por conta da liminar, o planejamento teve que ser cancelado.

Em meio a instabilidade, o poder público estudará o contexto na próxima semana, visto que os grupos de comorbidades já estão sendo finalizados e as doses remanescentes podem ser aplicadas em outros segmentos. A decisão, que será tomada se baseará no que pontuar a SES. Caso não seja possível realizar a vacinação em professores, a projeção é que pessoas com menos de 60 anos, sem comorbidades, comecem a ser imunizadas.

Entrevista tratou sobre o tema

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios