EsportesStudio Sports

No teste do Gauchão, o Inter de MAR aprovou! – Internacional 4×1 Juventude (Campeonato Gaúcho – Semifinal)

Depois de sair atrás no primeiro jogo da Semifinal, precisávamos reverter a vantagem do Juventude. O time de Caxias que impôs dificuldades no primeiro jogo, manteve a pegada, porém, agora com um gramado digno de jogo, o Inter botou a bola no chão e se classificou para final do Estadual.

Controlamos as ações desde o início, mesmo com dificuldades para furar o bloqueio do Juventude, o Inter manteve a calma e seguiu as ideias de jogo do seu treinador.

Em uma das poucas subidas do time de Caxias, o Inter conseguiu abrir o placar no contra-ataque, uma de suas maiores virtudes nesse início de temporada.

Outra coisa que chama atenção no time de Miguel Ángel Ramírez, é que não nos acomodamos com o placar. Logo depois de fazer o primeiro, o Inter pressionou e forçou o erro do adversário, conseguindo o segundo gol, dando mais tranquilidade para segunda etapa.

Imagens: Sport Club Internacional, divulgação

Com a necessidade de marcar para seguir vivo, o Juventude subiu a marcação na volta do intervalo e até criou chances de gol, mas não conseguiu ser efetivo. E na primeira subida para o ataque, o Inter conseguiu ampliar o placar. O Ju até descontou, no entanto, logo o Inter voltou a controlar o duelo e chegou ao quarto gol, dando números finais para mais uma goleada.

Acredito que estamos no caminho certo, aos poucos os jogadores estão entendendo as ideias de jogo e a movimentação. Claro que temos coisas a corrigir, como a saída de bola por exemplo, mas vencendo é mais fácil de ajustar isso.

Agora mudamos a chave, pensamento é na Copa Libertadores, onde vencendo no meio de semana podemos praticamente garantir a classificação!

COMO JOGARAM:

Marcelo Lomba – Fez boa partida, uma grade defesa que poderia ter recolocado o Juventude no jogo – 6,0

Rodinei – Vale exaltar o profissional que é. Em fim de contrato está jogando muito bem e ajudando, dessa vez com um gol – 7,0

Zé Gabriel – Ainda inseguro na marcação, mas consegue ajudar na saída de bola, por isso sua titularidade – 6,0

Cuesta – Cometeu um pênalti infantil, poderia ter complicado, jogador experiente não pode fazer isso – 5,0

Moisés – Teve dificuldades para marcar; precisamos de um lateral – 5,0

Rodrigo Dourado – Fundamental para evitar um gol do Juventude, poderia ter complicado – 7,0

Edenilson – Frio e calculista para bater pênalti – 6,0

Praxedes – Está evoluindo junto com o time, precisa soltar a bola mais rápido, mas tem um grande futuro – 6,0

Maurício – Evoluiu muito com MAR, está merecendo a titularidade e foi coroado com um gol – 7,0

Palacios – Ainda não se adaptou ao Brasil e saiu lesionado. Quando se adaptar vai ajudar bastante – 5,0

Thiago Galhardo – Muito inteligente para jogar, por isso é titular – 7,0

Yuri Alberto – Joga muito, sempre que entra muda o jogo – 7,0

Nonato – Está recuperando o futebol, vem ganhando espaço no time – 6,0

Rodrigo Lindoso – Não consigo enxergar futebol nele, errou um passe que poderia ter custado caro – 4,0

Marcos Guilherme – Está muito abaixo, MAR está tentando recuperá-lo, mas ele não se ajuda – 5,0

Caio Vidal – Baita achado de Abelão, tem vitória pessoal, vai ajudar muito na temporada – 6,0

Miguel Ángel Ramírez – Aos poucos está conseguindo fazer seu jogo fluir, merece todo respaldo possível, ele tem um plano –7,0

BEZÃO COZER

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios