Notícias

Mês de abril apresentou queda nos dados epidemiológicos, se comparado a março, em Veranópolis

Na última semana do mês, porém, um aumento nos indicadores da cidade emite um alerta

Junto a chegada do mês de abril, houve o início da diminuição do agravamento dos dados epidemiológicos de Veranópolis. Após um março fatídico, marcado por colapso do sistema de saúde, recorde de mortes por conta da covid-19 e casos positivados para a doença, abril apresenta-se mais estável. A queda está presente em todos os indicadores.

O número de casos caiu 64,8% se comparados os meses, visto que, em março, 583 pessoas positivaram para a doença e em abril, 205. A média de casos ativos, diariamente, também caiu: passou de 106 para 28. O número de óbitos decresceu, também. Caiu de 19, para sete. Março segue com a fatídica marca de mês mais letal desde o início da pandemia, no município.

O hospital de Veranópolis, da mesma forma, apresentou uma leve queda de internações. A média de hospitalizados por dia passou de 21 para 8. Os atendimentos na Unidade Sentinela também teve uma queda considerável: dos cerca de 1.700 atendimentos realizados em março, 800 foram registrados em abril.

Distanciamento, uso de máscara e demais cuidados de segurança devem seguir sendo praticados, porém, para evitar que o quadro se agrave novamente. Na última semana do mês, um aumento nos indicadores da cidade emite um alerta para possível retorno do vírus com maior força.

Respeite o investimento na reportagem e jornalismo da Studio. A reprodução de nosso conteúdo somente é autorizada com citação e link para a fonte, mantendo sua integridade.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios