Notícias

Dependendo do comportamento da pandemia na Serra, reunião entre os municípios poderá ser feita

Caso haja piora dos indicadores, medidas em conjunto, mais restritivas, serão estudadas; caso o cenário melhore, flexibilizações serão postas em pauta

Ao longo da semana, diante do comportamento da pandemia na macrorregião da Serra Gaúcha, uma nova reunião poderá ser realizada entre os 49 municípios que integram a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (AMESNE). O diálogo já foi realizado no último final de semana e deve ser contínuo. Caso haja piora dos indicadores, medidas em conjunto, mais restritivas, serão estudadas. Caso o cenário melhore, flexibilizações serão postas em pauta.

Para que regramentos mais flexíveis sejam adotados, 2/3 dos municípios da região devem posicionar-se de acordo. No momento a Serra seguirá os protocolos delimitados pelo Estado, em sua integralidade. Prefeitos possuem autonomia para serem mais restritivos, caso avaliarem a necessidade.

– Precisamos aguardar essa semana para ver os indicativos, os números da saúde, pois todos os prefeitos, sem exceção, estão muito preocupados. […] Nós já detectamos que estamos com números acima do Estado, […] por isso a nossa análise durante essa semana, para que a gente possa ir avaliando todos os dias e tomar as melhores decisões para proteger a população – afirma o presidente da AMESNE, Fabiano Feltrin.

A Serra Gaúcha é uma das sete regiões que recebeu aviso por parte do grupo de trabalho da Saúde do Rio Grande do Sul. Segundo o novo modelo de combate ao coronavírus, nomeado de 3As, o aviso é um apontamento sobre a tendência de agravamento da pandemia que apresenta uma determinada região. Caso a situação piore, um alerta será emitido para a localidade. Esse fato obrigaria os gestores a implementar medidas mais restritivas, para barrar o avanço do vírus.

Entrevista tratou sobre o tema

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios