Geral

Roteiro Caminhos de Pedra instiga comunidade e turistas a idealizar novo modelo de turismo

Até dia 10 de abril de 2021, os moradores de Bento Gonçalves e arredores, assim como os turistas podem compartilhar a sua visão de turismo, sobre como gostariam de ver o Roteiro Caminhos de Pedra em cerca de 10 ou 15 anos, preenchendo um formulário.

Com forte apelo histórico e patrimonial, o Roteiro foi idealizado no final da década de 80 a partir da realização de um levantamento do acervo arquitetônico de todo o interior do município de Bento Gonçalves. Na época, foi observado que a Linha Palmeiro e parte da Linha Pedro Salgado, área abrangida basicamente pelo Distrito de São Pedro, possuía o maior acervo de casas antigas.

O fato de o Distrito de São Pedro conservar a sua cultura e história, do acesso fácil e, consequentemente, ter um grande potencial turístico, apesar da decadência e abandono por que vinha passando desde a década de 1970 com a mudança de traçado da rodovia que ligava Porto Alegre ao norte do estado, deu início ali a um projeto que viraria o atual Roteiro Caminhos de Pedra.

Atualmente o Roteiro congrega mais de 25 estabelecimentos privados, várias casas centenárias e é responsável direto pelo sustento de mais de 150 famílias. Maristela Lerin, presidente da Associação comenta: “No momento, nos adequamos para oferecer um passeio com segurança. Mas a nossa expectativa é que tão logo a pandemia possa ser superada, nosso Roteiro volte a ser destaque também pelo patrimônio imaterial, pela cultura da nossa gente. Que os turistas possam retornar às experiências, especialmente sensoriais, como a degustação, as visitas acompanhadas. ”

Esta pesquisa é uma ação da Associação Caminhos de Pedra, entidade privada sem fins lucrativos que está em busca de informações para elaborar um estudo que defina o que é valorizado pela comunidade e visitantes em termos de patrimônio material e imaterial, cultura, paisagem, entre outros aspectos, já que de acordo com a Lei Estadual 13.177/09, o Roteiro Caminhos de Pedra é patrimônio histórico do RS.

Todos podem responder o questionário que fica aberto até o dia 10 de abril, acessando o link: https://forms.gle/Ste7onqz984EMNyX9

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios