Policial

Polícia Rodoviária de Casca efetua prisões por extorsão de empresário na ERS-324


Policiais do 2º Pelotão Rodoviário Estadual (PRE), de Casca, efetuaram na terça-feira, dia 6 de abril, por volta do meio-dia, a prisão de três criminosos que tentavam extorquir um empresário às margens da rodovia ERS-324. A rápida e exitosa ação foi executada pelo sargento Norton (comandante do 2º Pel.) e soldado Diego.

Os policiais foram informados, através de denúncia para a Central de Operações, que três homens, a bordo de um automóvel GM Kadett, estavam em um ponto da ERS-324, proximidades do KM 245, tentando extorquir um empresário e seus familiares no município de Casca. Em rápido deslocamento, a guarnição da PRE conseguiu flagrar o momento em que as vítimas eram ameaçadas, inclusive com os criminosos fazendo menção de sacar uma arma para matá-los. Diante da situação, receberam voz de prisão.

O trio, um de Garibaldi e dois de Carlos Barbosa – com vasta ficha criminal, foi conduzido pelos policiais rodoviários para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Casca, coordenada pelo delegado Thiago Roberto Zaidan, para o registro do auto de prisão flagrante. Todos os criminosos, após os procedimentos legais, foram encaminhados para o Presídio Regional de Caxias do Sul onde ficam à disposição da Justiça. O Kadett, com o licenciamento vencido, foi recolhido para o pátio do guincho credenciado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RS).

Com informações de Eduardo Cover Godinho da Rádio Aurora de Guaporé, foto PRE.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios