Policial

Polícia Civil arrecada mais de 6 toneladas de alimentos não perecíveis durante campanha de vacinação contra a Covid-19

Mais de seis tonelada de alimentos não perecíveis foram arrecadadas pela Polícia Civil em seis dias de vacinação contra a Covid-19 em todo o estado. A Instituição, que promoveu a primeira etapa da vacinação dos servidores da ativa, estimulou os policiais civis a doarem 1kg de alimento durante a aplicação da dose. Na Capital, onde a vacinação ocorreu no auditório da Palácio da Polícia, os alimentos foram recolhidos pela prefeitura e serão repassados ao Banco de Alimentos do RS, o qual será responsável por definir o destino do que foi arrecadado.

a50a9d89 ee90 45de 9fb1 792aeb13caae
Delegacias do interior do estado também arrecadaram alimentos

Desenvolvida pela Divisão de Comunicação Social e Relações Institucionais (DCS), do Gabinete da Chefia, a campanha de arrecadação de alimentos é mais um ato de solidariedade da Polícia Civil, que desde o início da pandemia tem promovido uma série de ações, como a doação de sangue para o incremento de bancos de sangue da Capital e de cabelos, roupas e lenços para organizações não governamentais que lutam conta o câncer.

Ainda no início da batalha contra a Covid-19, a Instituição já havia promovido em todo o Rio Grande do Sul a arrecadação e doação de alimentos para famílias de bairros carentes, principalmente, àquelas cujas rendas haviam sido prejudicadas por medidas como o isolamento social e o fechamento do comércio.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios