Notícias

Estabelecimentos não essenciais poderão atender clientes neste sábado, em Veranópolis

Os regramentos de horário e restrição a serem seguidos são os mesmos aplicados nos dias da semana

Por conta de flexibilizações divulgadas na tarde da quinta-feira, dia 1º de abril, pelo governo do RS, atividades não essenciais poderão funcionar presencialmente neste sábado, dia 03, sob os mesmo regramentos estabelecidos para o funcionamento nos dias da semana. Veranópolis, por conseguinte, irá adotar essa medida e permitirá a abertura das lojas.

A medida diverge do que estabelece o decreto estadual, o qual proíbe abertura desses estabelecimentos nos finais de semana e feriados. A flexibilização busca auxiliar o setor econômico na véspera de Páscoa, momento propício para vendas.

Assim, está permitida a abertura de atividades não essenciais, como comércio e restaurantes, com as mesmas restrições de horário dos dias úteis. Portanto, o comércio em geral, academias, salões de beleza e outros serviços só podem funcionar entre 5h e 20h.

Para restaurantes, bares e lancherias, o horário limite para atender clientes de forma presencial é 18h e o atendimento pode ser feito nas modalidades de take away (pegue e leve) e drive-thru entre as 5h e 20h em todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados. Após esse horário, somente tele-entrega.

Para os supermercados, o limite de funcionamento é 22h em qualquer dia da semana. Todos os serviços podem operar em modo delivery (tele-entrega). As atividades essenciais, como farmácias, clínicas médicas, postos de combustíveis, entre outros, não têm restrição de horário.

A permanência em praias, praças e parques urbanos segue restrita, e esses locais estão liberados apenas para atividades físicas individuais.

Entrevista tratou sobre a conduta de Veranópolis diante dos regramentos

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios