Notícias

Cogestão regional segue sendo aplicada no município de Veranópolis

Pela sexta semana consecutiva, o mapa do modelo de Distanciamento Controlado traz o Rio Grande do Sul inteiro em risco altíssimo devido à pressão sobre a capacidade hospitalar. Isso significa que, nesta 48ª rodada, todas as 21 regiões Covid do Estado continuam em bandeira preta.

A cogestão regional, por sua vez, está permitida e segue sendo aplicada no município de Veranópolis.

O governo do Estado mantém a suspensão de atividades não essenciais no horário das 20h às 5h, até o dia 09 de abril.
Para o próximo final de semana segue a determinação da restrição de atividades presenciais durante todo o dia. As exceções são os serviços essenciais, como farmácias, supermercados e comércio de materiais de construção e demais exceções que já constam no atual decreto de suspensão geral de atividades (Decreto 55.789).

Para restaurantes, bares e lancherias, o horário limite para atender clientes de forma presencial é 18h. No horário entre as 18 e 20 horas o atendimento pode ser feito nas modalidades pegue e leve, drive-thru ou tele-entrega e após as 20 horas somente tele-entrega, em todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos.
Para os supermercados, o limite de funcionamento é 22h em qualquer dia da semana.

As atividades essenciais, como farmácias, clínicas médicas, postos de combustíveis, entre outros, não têm restrição de horário.

Parques temáticos, de aventura, jardins botânicos, zoológicos e museus, entre outros espaços de cultura e lazer, seguem proibidos de receber público externo na bandeira preta e na vermelha (limite para quem está em cogestão), em qualquer dia da semana.

A permanência em praças e parques urbanos também segue restrita, e esses locais estão liberados apenas para atividades físicas individuais.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios