EsportesStudio Sports

Base salva, veteranos comprometem – São Luiz 2×2 Grêmio (Campeonato Gaúcho – 8ª Rodada)

O Grêmio foi à Passo Fundo, no estádio Vermelhão da Serra, nesta quarta-feira (31), encarar o São Luiz de Ijuí, em mais uma rodada do Gauchão. O adversário cumpriu mais um jogo fora dos seus domínios, devido a perda de mando de campo.

Com o gramado precário e iluminação de garagem, o Tricolor ficou no empate, num dos melhores jogos até aqui do Estadual. Foram chances lá e cá e, quem sabe, a igualdade tenha feito justiça, num esporte em que poucas vezes esta palavra define o resultado final e isso que nos move e o torna apaixonante.

Enquanto o início do Regional servia pra alçar garotos e dar mostras de que a base gremista vem forte, com a volta de alguns titulares, as últimas rodadas tem sido de mescla entre jovens e experientes. E justamente os mais rodados é que tem nos decepcionado…mais uma vez!

Imagens: Grêmio FBPA, divulgação

Enquanto fora de campo o discurso é bonito no que se refere aos desejos e reforços, a prática se mostra contrária, quando desembarcam veteranos e sem muita esperança no torcedor. Falo isso quando o Grêmio cita Rafael Carioca, não consegue a negociação com o Tigres, do México, por conta da pedida financeira, mas na prática trás Thiago Santos, do Dallas americano e ex-Palmeiras. Um oceano de diferença entre discurso e prática.

Já dentro de campo, enquanto a gurizada se mostra interessante e ganha pontos e nos deixa esperançosos, os veteranos entregam a paçoca e mais uma vez nos provam que sequer deveriam fardar em 2021, afinal, Renato Portaluppi/Alexandre Mendes e o Grêmio de forma geral, não precisam mais de testes, depois de ver esses mesmos nomes fracassarem na última temporada.

Que o Gauchão sirva para mais testes com jovens promissores do clube, que tens nos dado excelente resposta recentemente, dentro de campo e nas finanças, inclusive, e que os “vetera” saiam de cena aos pouquinhos, sem a chance de fazerem novos fiascos, como contra a equipe de Ijuí!

COMO JOGARAM:

Brenno – Excelente goleiro. Mais numa vez, fez ótimas defesas – 8,0

Victor Ferraz – Falhou no segundo gol. Não deve mais vestir a camiseta gremista – 2,0

Heitor – Foi firme. Melhorou em relação a ele mesmo – 5,0

David Braz – É lento, pesado, já deveria ter vazado – 2,0

Cortez – Tem se mostrado voluntarioso, mas deveria dar espaço para Vitinho no Estadual, ao menos – 4,5

Lucas Silva – O básico de sempre. Não sei como foi parar no Real Madrid – 4,0

Darlan – Ótima partida, com belos lançamentos. O melhor do Grêmio – 8,5

Bobsin – Mostrou boas valências, deve ser mais observado, mas com frequência – 6,5

Léo Pereira – É veloz, recompõe muito bem e tem bom futuro – 7,0

Elias – Já o vi na base como referência da equipe. Sentiu o peso do profissional – 5,5

Éverton – Outro que jamais deveria ser cogitado a fardar ainda. Já sabemos o que faz; nada! – 2,0

Léo Chú – Saiu do banco e fez um belo gol. Precisa de mais aparições – 6,5

Pedro Lucas – Deveria ter iniciado a partida. É um dos poucos meias, estilo 10 do elenco principal – 5,5

Fernando Henrique – Tem muito futuro, desde que deem oportunidades, também com frequência – 6,0

Alexandre Mendes – Escalou mal e mexeu bem. Também insiste com alguns nomes que irritam o torcedor – 6,0

NATO G. SANGALI

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios