Notícias

Veranópolis, junto ao CISGA, organiza-se para compra de vacinas contra a covid-19

A cidade busca, por meio do consórcio dos municípios, adquirir doses para aplicar na população. Agora, a cidade organiza um termo de adesão e encaminhará um projeto solicitando a autorização da obtenção para a Câmara.

Em todo o Brasil, prefeitos têm realizado movimentações buscando a compra de vacinas contra a covid-19 por conta própria. A situação objetiva agilizar a imunização nas cidades. Nesse sentido, Veranópolis, assim como os municípios da região, organiza-se para a compra de doses. A movimentação está sendo realizada por meio do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (Cisga).

A compra por meio da associação é adotada pelo município veranense porque torna a negociação viável, visto que, com a junção de mais do que uma cidade, o valor do produto e a possibilidade de encaminhamento é mais acessível.

Assim, agora, a cidade organiza um termo de adesão, que será enviado ao CISGA, expressando a intenção do município de participar da compra. Além disso, um projeto solicitando a autorização da aquisição estará sendo encaminhado para a Câmara de Vereadores da cidade. Essa situação deve ser avaliada na sessão do dia 15 de março. A partir do envio e da aprovação dos vereadores, o próximo passo para a obtenção das doses são as tratativas do consórcio.

Ainda não há definição de quando essa situação será consolidada, quantas doses serão adquiridas, nem o tipo de imunizante que será comprado, visto que, toda a situação depende da disponibilidade das empresas fabricantes da vacina. Uma das movimentações já realizadas pela entidade aconteceu na última sexta-feira (26), em que um protocolo de intenções para compra do imunizante foi entregue para União Química Farmacêutica Nacional. O laboratório é responsável pela vacina Sputnik V, da Rússia. 

O consórcio é composto, além da Terra da Longevidade, por Antônio Prado, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Cotiporã, Fagundes Varela, Farroupilha, Garibaldi, Guaporé, Monte Belo do Sul, Nova Bassano, Nova Roma do Sul, Paraí, Pinto Bandeira, Santa Tereza e São Marcos.

Compra por parte dos municípios é autorizada

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (2) o projeto de lei que descentraliza a compra de vacinas contra a Covid-19 e facilita a aquisição dos imunizantes pela União, pelos governos estaduais e municipais e pela iniciativa privada.

Segundo a proposta, enquanto durar a emergência em saúde pública causada pela Covid-19, a União, os estados e os municípios estarão autorizados a comprar vacinas e a assumir riscos relacionados a eventuais efeitos adversos pós-vacinação.

Essa regra só vale se a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tiver concedido registro ou autorização temporária de uso emergencial das vacinas adquiridas.

A vacinação em Veranópolis

Em Veranópolis, 1.342 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e destes, 289 já foram imunizados inclusive com a segunda dose. Esse número corresponde a cerca de 5% da população de Veranópolis

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios