Notícias

Reunião on-line entre Poder Público e supermercados de Veranópolis será realizada nesta tarde

O objetivo da conversa será repassar informações a respeito do que pode ou não ser comercializado a partir desta segunda-feira, dia 08

Na tarde desta segunda-feira, dia 08 de março, por volta das 16h, uma reunião entre Poder Público Municipal e supermercados de Veranópolis será realizada de forma on-line.

O objetivo do encontro será alinhar o que pode ou não ser comercializado nos estabelecimentos, visto que, na última sexta-feira, dia 05 de março, o governo estadual divulgou mudanças no funcionamento desses locais.

Relembre o que mudou

No RS, está proibida a venda de itens não essenciais no comércio em geral, estando entre eles, os supermercados. Assim, a partir do próximo dia 08 de março, esses estabelecimentos precisarão ou retirar esses produtos do local ou tampá-los. Os comércios que não obedecerem a esse regramento serão sujeitos a sanções.

O que pode vender e o que não pode?

São bens e produtos essenciais os indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, assim consideradas aquelas que, se não atendidas, colocam em perigo a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população, como bebidas de qualquer tipo; alimentos, para uso humano ou veterinário; itens de saúde e higiene, humana e animal, entre outros.

São também essenciais os insumos necessários para as atividades essenciais, como materiais de construção; ferramentas; materiais escolares; bens e produtos relacionados ao preparo de alimentos, como panelas, potes, fósforos; bens e produtos relacionados à iluminação, como lâmpadas, velas, isqueiros, etc.; itens relacionados às telecomunicações, como recarga de celular pré-pago, carregadores de celular e bens e produtos necessários para o reparo ou conserto de telefones celulares.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios