Geral

Queda de prateleira com chapas de pvc deixa um morto e um ferido em Porto Alegre

Um acidente de trabalho deixou um pessoa morta e outro ferida nesta segunda-feira na avenida Salvador Leão, no bairro Sarandi, em Porto Alegre. O irmão do proprietário de uma empresa, que atua com suprimentos para impressão para comunicação visual, morreu no final desta manhã.

Ele foi atingido pela queda de prateleira nas dependências do prédio. A estrutura metálica, carregada com chapas de PVC usadas em banners e outodoors, caiu sobre as vítimas.

O óbito foi no local que ficou isolado para o trabalho do Instituto-Geral de Perícias por meio do Departamento de Criminalística e do Departamento Médico Legal. Já o proprietário ficou ferido nas pernas, sendo socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Cristo Redentor.

O efetivo do 1º Batalhão de Bombeiros Militar também esteve presente para a retirada das ferragens da prateleira e das chapas, visando acessar o corpo sob os escombros. Policias militares do 20º BPM ocompareceram no local. Uma equipe da Central de Volante da Polícia Civil buscou as primeiras informações para o inquérito que será aberto.

A Defesa Civil foi mobilizada pois um pilar de sustentação do prédio também foi atingido na queda da prateleira. Um eventual dano na estrutura foi descartado na vistoria realizada com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb).

Com informações do Jornal Correio do Povo.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios