Notícias

Por conta de lotação, ala covid-19 do hospital de Veranópolis é expandida

O Posto 2 da casa está sendo, também, direcionado para casos do vírus. Até o momento, três novos leitos precisaram ser abertos nesse local, os quais poderão ser expandidos conforme evolua a situação.

O esgotamento das estruturas do Hospital São Peregrino Lazziozi, de Veranópolis, por conta da covid-19, chega a seu teto máximo. Desde a última segunda-feira, dia 1º de março, já havia uma sobrecarga na estrutura por conta da alta demanda vinda de pacientes com a covid-19. Hoje, dia 08, mais um posto teve que ser destinado a essa enfermidade.

Normalmente, o hospital operava com o Posto 1 exclusivamente para casos de coronavírus. O máximo de ocupação dessa ala era 24 leitos. Esse número, por ter sido atingido neste final de semana, obrigou um remanejo das estruturas internas. Por isso agora, o Posto 2 também está destinado a casos covid-19. No momento, a expansão foi de três leitos, para atender três pacientes. O aumento será realizado, dentro desse Posto, conforme a situação evolua na casa de saúde.

Os enfermos por outras doenças, que estavam nessa ala do hospital, também precisaram ser remanejados. Os que estavam no Posto 2, irão para o 3.

Ao total, o hospital possui onze aparelhos de ventilação mecânica. Neste momento, há seis pacientes sob ventilação mecânica, dois com máscara respiratória e 24 na enfermaria da casa de saúde.

Veja também | Aumenta para 32 o número de pessoas internadas por conta da covid-19 no hospital de Veranópolis

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios