Geral

PGE derruba liminar e viabiliza retomada da cogestão no Rio Grande do Sul

A Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul derrubou, na tarde deste domingo, a liminar do Tribunal de Justiça do Estado, que suspendia a retomada da cogestão no modelo do Distanciamento Controlado. A informação foi confirmada pelo procurador-Geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, pelo Twitter. Com a decisão, o governo estadual poderá dar início ao plano de cogestão que estava programa para retornar nesta segunda-feira, dia 22 de março.

O desembargador Marco Aurélio Heinz acolheu a argumentação da PGE-RS e suspendeu a decisão liminar. Segundo ele, é indiscutível a “competência dos Estados para a implementação de medidas de contenção à disseminação da Covid-19, entendimento consagrado pelo Supremo Tribunal Federal na ADPF n. 672 MC, rel. Min. Alexandre de Morais, Plenário, DJe 260” e que o exame de atos administrativos pelo Poder Judiciário deve ocorrer apenas pelo ângulo da legalidade.

Na decisão, o desembargador destacou que “o sistema de gestão compartilhada entre o Estado-membro e os Municípios não encerra em si qualquer ilegalidade a ser impedida pelo Poder Judiciário, bem como, não é possível obrigar o Sr. Governador a não flexibilizar o sistema de Distanciamento Controlado, muito menos compelir o Chefe do Executivo a aumentar as restrições do regime de bandeira preta como quer a respeitável decisão liminar, com os elementos probatórios até então coligidos aos autos”.

Com informações do Jornal Correio do Povo.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios