Notícias

Ocupação de leitos de UTI no hospital Tacchini chega a 146,6%

Dos 45 disponíveis, 66 estão sendo utilizados. A lotação dos leitos privados chega a 190,9% e nos leitos SUS a 104.3%.

O Hospital Tacchini, de Bento Gonçalves, marcou mais um recorde negativo nesta terça-feira, dia 09 de março. Segundo a última atualização, realizada às 00h00 da data referida, a casa de saúde está com 146,6% de ocupação de leitos de UTI. O hospital é uma das referências diretas de Veranópolis e nunca havia chegado a essa lotação desde o início da pandemia.

Essa porcentagem converte-se em números elevados de leitos ocupados: dos 45 disponíveis, 66 estão sendo utilizados. A lotação dos leitos privados chega a 190,9% e nos leitos SUS a 104,3%. Ao total, 81,8% dos internados estão relacionados com a covid-19, ou seja, a grande maioria. Dos 66, apenas 12 pessoas estão internadas por outros motivos que não sejam o vírus.

O aumento é exponencial. Da última terça-feira, dia 02, para hoje, dia 09, o aumento foi de 44%.

– Estamos vivendo o pior momento desde o início da pandemia da Covid-19. Este é um cenário de guerra. É o limite. As nossas equipes de trabalho não estão mais fazendo o ideal, elas estão fazendo o possível dentro dos recursos disponíveis. Atingimos o máximo das nossas capacidades – definiu o superintendente do Tacchini Sistema de Saúde, Hilton Mancio. 

Na quarta-feira, dia 03, o Tacchini ativou sua última e mais robusta estratégia de combate à pandemia. As estruturas internas foram reordenadas e novos ambientes foram criados para receber e estabilizar pacientes de alta e média complexidade até que haja condições de encaminhá-los a um leito regular de UTI. A convocação de profissionais da saúde que estavam de férias para que retornem imediatamente ao trabalho também faz parte das medidas adotadas. 

Além disso, o aumento substancial de atendimentos e internações relacionadas à Covid-19 nos últimos dias obrigou o Hospital Tacchini a suspender por tempo indeterminado todas as cirurgias eletivas agendadas.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios