Notícias

No Hospital Tacchini, taxa de ocupação em leitos de UTI diminui nesta semana mas segue acima de 100%

A casa de saúde já opera há mais de um mês com superlotação

Na última semana, um pequeno declínio na taxa de ocupação de leitos de UTI foi observada no Hospital Tacchini, de Bento Gonçalves. Na segunda-feira, dia 22 de março, havia 142,2% de lotação, neste sábado, dia 27 de março, 133,3%. O número, porém, ainda é muito elevado e segue apresentando o colapso do sistema de saúde.

A instituição trabalha nessa sobrecarga há mais de um mês. No dia 26 de fevereiro o Hospital Tacchini, de Bento Gonçalves, alcançou a marca de 100% de ocupação em leitos de UTI. Essa não foi a primeira vez que a casa chegou nesse triste percentual nos últimos meses, contudo, o ineditismo dessa data se refere a sequência dos fatos posteriores a ela. Por um mês, o número não foi menor que esse percentual em nenhum dia, ou seja, há cerca de 30 dias, a casa de saúde opera com superlotação.

DATATAXA DE OCUPAÇÃO
22/03142,2%
23/03140%
24/03142%
25/03135%
26/03133,3%
Dados catalogados ao final de cada dia referido | Levantamento Studio

Outro agravante, em contrapartida, foi acrescentado nos últimos dias: a falta de medicamentos. Por conta de baixos estoques e carência de remédios, a instituição de saúde optou pelo cancelamento das cirurgias oncológicas por tempo indeterminado. Um dos medicamentos, o atracúrio, já terminou na quinta-feira, dia 25. Ele é um bloqueador neuromuscular e é essencial para a intubação dos pacientes. Ainda há outros remédios que podem ser utilizados para substituir esse que já está em falta, mas ainda não há informações sobre a quantidade que será recebida nos próximos dias.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios