Geral

Fiscalização recebeu 148 queixas em oito horas de atuação no sábado à noite e na madrugada de domingo em Caxias do Sul

Festas em residências representam 80% das denúncias de aglomerações

A operação Dispersão, realizada entre às 21h de sábado (27) e 5h da madrugada de domingo (28), em Caxias do Sul, recebeu 148 denúncias, das quais 80% referentes a encontros festivos em residências. As equipes verificaram 42 lugares, resultando em 30 notificações. Outras 12 denúncias não se confirmaram. A ação visa coibir condutas que desrespeitam os protocolos estabelecidos no modelo de distanciamento controlado do governo do Estado e nos decretos do Município, como aglomerações, não utilização de máscaras e consumo de bebidas em espaços públicos.

As equipes de fiscalização das secretarias do Meio Ambiente, Saúde e Urbanismo aplicaram dois autos de infração a dois bares por funcionamento além do horário permitido, com a condução dos proprietários à delegacia para registro de ocorrência; quatro por consumo de bebida em via pública e um em loja de conveniência. No bairro Colina Sorriso, os fiscais dispersaram uma festa realizada em via pública, que reunia mais de 10 veículos e dezenas de pessoas.

O secretário municipal do Urbanismo, João Uez, destaca que, neste momento em que os tradicionais locais de encontro noturno da cidade estão fechados, as pessoas reúnem-se em residências para confraternizações com consumo de bebidas alcoólicas e sem cuidado algum de prevenção contra a covid. “Renovamos a convocação para que a comunidade caxiense não faça, neste momento, este tipo de aglomeração a fim de evitar a proliferação do vírus, o que acaba penalizando diversos segmentos da cidade”, reforça.

Os agentes de trânsito atuaram das 21h às 2h nos bairros Sanvitto, Desvio Rizzo, Centro, Colina Sorriso, Presidente Vargas e Cinquentenário. Foram abordados 20 veículos, resultando em 13 autuações. Os fiscais recolheram um documento e encontraram dois condutores sem habilitação. Ainda foram flagrados dois motoristas dirigindo sob influência de álcool. Ambos se recusaram a fazer o teste do etilômetro. A operação Dispersão contou também com as participações da Guarda Municipal, da Brigada Militar e Polícia Civil.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios