Notícias

Em 31 dias, 19 vidas perdidas: março foi o mês com mais óbitos por conta da covid-19 desde o início da pandemia

Em Veranópolis, número de óbitos registrados no mês de março representa 65% dos falecimentos ocorridos em todo o ano de 2021 por conta da doença

Março de 2021 será lembrado com muito pesar por todos os veranenses. O mês foi o pior no quesito dados epidemiológicos desde o início da pandemia. Como consequência do aumento de casos, colapso no sistema de saúde e mudanças no comportamento do vírus, o luto esteve presente nos 31 dias do mês. Ao total, 19 pessoas faleceram em decorrência da covid-19 neste curto período de tempo, em Veranópolis.

O número é o maior registrado em apenas um mês até então. Só a quantidade de falecimentos do mês três de 2021 supera em quase três vezes o registrado em todo o 2020. Analisando este ano, 65% dos óbitos registrados no total são referentes ao mês de março.

ORDEMDATAIDADESEXOINTERNAÇÃO
18º08/03/202180femininocasa
19º08/03/202188femininoleito clínico
20º10/03/202169masculinoUTI
21º10/03/202188masculinoleito clínico, intubada
22º10/03/202188femininoleito clínico, intubada
23º11/03/202168femininoleito clínico, intubada
24º12/03/202180femininoleito clínico, intubada
25º12/03/202160femininoleito clínico, intubada
26º13/03/202169masculinoUTI
27º15/03/202193masculinoleito clínico
28º15/03/202187masculinoleito clínico
29º16/03/202171masculinoleito clínico
30º18/03/202187masculinoUTI
31º18/03/202183femininoleito clínico
32º24/03/202149masculinoUTI
33º25/03/202172femininoleito clínico, intubada
34º26/03/202162femininoUTI
35º28/03/202173femininoUTI
36º30/03/202159masculinoUTI
Clique sobre cada um dos números e relembre o caso na íntegra | Falecimentos mês de março | Dados apurados pela reportagem da Studio

A falta de leitos de UTI para transferência e a maior agressividade do vírus são causas apontadas por especialistas sobre o aumento dos falecimentos. A crescente nos óbitos, porém, não foi observada apenas em Veranópolis. Com sucessivos recordes, neste mês, o Brasil chegou a marca de 3.869 mortes em apenas um dia por conta da doença. A mesma situação foi observada no RS, que enfrentou o mês com maior número de mortes.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

2 Comentários

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios