GeralRegião

Dados epidemiológicos de Cotiporã demonstram agravamento da pandemia no município

Na última sexta-feira, Cotiporã chegou a marca de quatro pacientes hospitalizados, maior índice desde o início da pandemia. Hoje, o número está em três.

Como em todo o estado do RS, a crescente de dados negativos referentes a covid-19 estão sendo observados no municípío de Veranópolis e região. Em Cotiporã, por exemplo, o aumento dos índices epidemiológicos preocupa a Secretaria de Saúde.

Colocando os dados em retrospectiva, observa-se um aumento de casos ativos e hospitalizados. No dia 27 de fevereiro, por exemplo, o número de casos ativos era de nove, a média naquele período. A quantidade, chega agora, a 21, mantendo-se nesse nível há cerca de uma semana.

O número de pessoas internadas também cresceu. Nesta semana, o maior número de hospitalizados desde o início da pandemia foi registrado: quatro, estando dois em leito clínico (no HCSPL) e dois em UTI (em Caxias do Sul). Hoje, dia 10 de março, esse número caiu para três, porém, seguem dois cotiporanenses em Unidade de Terapia Intensiva.

Os atendimentos no Posto de Saúde da cidade, segue em uma constante, estando sempre na casa de seis procuras diárias. Mesmo assim, diante da demanda, o município planeja e remaneja suas estruturas.

– Nosso município, com (cerca de) quatro mil habitantes, todo dia surge casos (positivos) […] teve um aumento sim e nós estamos preocupados – afirma Rozeli Frizon, secretária de Saúde e Assistência Social.

Diante disso, o pedido do Poder Público é para que a população faça a sua parte e procure atendimento no início de seus sintomas. Em relação a outras enfermidades, solicita que, se não for uma questão grave, aguarde para evitar lotação.

Antes de buscar atendimento, é preciso contatar a Unidade Básica de Saúde, evitando assim, a circulação desnecessária de pessoas no local, bem como o contato com demais pacientes. Informações referentes a viagens, agendamento de exames, consultas especializadas ou demais procedimentos, devem ser obtidas através dos telefones (54) 3446-2820 ou 3446-1195.

Entrevista tratou sobre o tema

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios