Geral

Após fugir por 40 km, traficante é preso pela PRF transportando quase uma tonelada de maconha

Na tarde desta terça-feira (30), em Portão, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu um carro roubado com quase uma tonelada de maconha. O traficante foi preso após intensa perseguição.

Em uma ação com a participação do serviço de inteligência da PRF, os policiais realizavam o patrulhamento na BR 470, em Salvador do Sul, quando identificaram um Compass que estaria sendo utilizado por uma organização criminosa. Tão logo o condutor percebeu a presença da viatura, desviou para uma estrada de terra e iniciou uma fuga em alta velocidade.

A equipe seguiu no encalço do fugitivo enquanto outras equipes passaram a realizar o cerco na região. Somente após 40 km de acompanhamento, já em Portão, foi possível abordar o carro. O motorista, que estava sozinho, foi preso.

Depois de uma vistoria minuciosa, os PRFs descobriram que o automóvel estava utilizando placas clonadas, já que havia sido roubado em novembro do ano passado em Sapiranga. Na ocasião, a proprietária foi assaltada e sequestrada por dois criminosos armados, que a abandonaram em Novo Hamburgo após rodar com ela pela região metropolitana.

No carro, sobre os bancos e no porta-malas,  havia grande quantidade de maconha, totalizando aproximadamente 800 quilos, o suficiente para a produção de quase dois milhões de cigarros para consumo.

O traficante, já com passagem no sistema prisional, e antecedentes por receptação, ameaça e posse de droga, foi preso e conduzido para a delegacia. Ele disse que foi pago para trazer a maconha para a região metropolitana de Porto Alegre. A droga foi apreendida e o carro será devolvido à proprietária.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios