Notícias

Após 14 dias, mulher de 60 anos morre à espera de leito de UTI em Nova Prata

Uma mulher de 60 anos morreu na segunda-feira (22) enquanto esperava transferência pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para uma unidade de tratamento intensivo em Nova Prata.

Ela ficou 14 dias internada no hospital São João Batista, entubada, à espera de um leito. Sem UTI, o hospital depende da liberação de vagas em demais hospitais da região, mas com o aumento dos casos de covid-19 não há leitos disponíveis.

Em Antônio Prado um homem de 60 anos também morreu à espera de um leito de UTI. No Hospital São João Batista, seis pessoas estão entubadas enquanto aguardam leito de UTI pelo SUS, sendo que há pacientes que esperam há 12 dias por uma vaga.

Com informações do Jornal Pioneiro.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios