Notícias

Fiscalização segue ocorrendo em Veranópolis e três estabelecimentos precisaram ser interditados na última semana

Segundo novas informações da vigilância sanitária, no último sábado, dois bares precisaram ser interditados por descumprimento do decreto estadual. Além disso, no domingo, dia 28, praças foram isoladas por apresentarem aglomerações.

Desde o último sábado, dia 27 de fevereiro, os regramentos de bandeira preta começaram a valer em Veranópolis e em todo o estado do RS. Para garantir que os protocolos e determinações sejam seguidos por toda a comunidade, a fiscalização por parte dos órgãos de segurança pública e fiscais da prefeitura está sendo realizada no município.

Além de verificação de denúncias, pontos de possíveis aglomerações são vistoriados, bem como, os estabelecimentos da cidade são visitados para garantir que estejam cumprindo os decretos.

Segundo novas informações da vigilância sanitária da cidade, no último sábado, dia 27 de fevereiro, dois bares precisaram ser interditados por descumprimento do decreto estadual. A ação foi realizada pela Polícia Civil e fiscais da prefeitura.

Além disso, no domingo, dia 28, praças foram fechadas por apresentarem aglomerações. Estavam, entre elas, as localizadas no bairro Medianeira e Valverde. A solicitação partiu dos próprios munícipes e da observação dos fiscais.

Ademais, nesta quinta-feira, dia 04 de março, foi interditada uma loja de cosméticos, por estar atendendo cliente dentro do estabelecimento, onde a permissão para este tipo de comércio é apenas trabalhar por tele-entrega.

Na quinta-feira, dia 25 de fevereiro, além disso, um bar foi fechado por conta de descumprimento de normas, que naquele momento, ainda eram de cogestão. Assim, ao total, três bares e uma loja foram fechados por descumprirem o decreto na cidade.

Veja também | Mesmo com estabelecimentos fechados, circulação de pessoas é registrada no Centro de Veranópolis

O trabalho que está sendo realizado já havia sido anunciado pelo prefeito de Veranópolis, Waldemar de Carli, na última semana.

– As pessoas que souberem de algum encontro, liguem para a polícia […] vai haver uma fiscalização extremamente rígida por parte da Prefeitura e dos órgãos de segurança pública […] na cidade, vamos bloquear todos os pontos onde existem aglomerações. As pessoas precisam se cuidar, elas podem receber ordem de prisão em flagrante – afirma o prefeito de Veranópolis, Waldemar de Carli.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios