EntretenimentoMúsicaNotícias

Kids for Nothing: banda desenvolvida em meio a pandemia lança sua segunda música

Um dos integrantes, Maurício Barbieri, é veranense, e conta como foi criado o grupo, que começou suas atividades em 2020. Mesmo diante da distância imposta pela pandemia, o projeto foi desenvolvido.

Em 2020, muitas coisas negativas aconteceram, entre elas, a pandemia de covid-19, que mudou a vida de toda a humanidade. Porém, não é apenas de lembranças ruins e fatos trágicos que esse ano foi feito, diversos projetos superaram as adversidades e saíram do papel. Entre eles está a Kids For Nothing, banda composta por quatro rapazes gaúchos, dos quais, um é veranense.

O projeto e o grupo, que começou a ser organizado em fevereiro de 2020, não imaginava que teria um ano atípico pela frente. Os jovens, que já eram amigos e haviam participado de outras bandas em parceria – sendo a principal a BlackBirds – se depararam, após o início do planejamento e a criação das primeiras músicas, com o encerramento de todas as atividades. Entretanto, não desistiram do projeto e seguiram trabalhando nas composições e ideias. Com encontros on-line e planejamentos a distância, a banda começou a ganhar cara, letra e melodia.

Depois de meses de trabalho, nove músicas autorais foram criadas. Cada um de sua casa planejou parte de um conjunto que deu certo. Jhonny Rigoni (vocal e guitarra), Jus (vocal), Mauri Barbieri (guitarra) e Vini Liskoski (baixo), se encontraram raramente durante os últimos meses, por isso, maior parte do projeto foi feito de forma atípica.

Após o primeiro passo, a criação, a divulgação do trabalho começou a ser pensada. Por meio de clipes e singles, aos poucos, o público está descobrindo mais sobre a proposta do grupo.

Com a primeira música lançada em dezembro, a banda divulgou uma parte do que forma um todo pensado e organizado. O single Provérbio Chinês logo foi acompanhado pela segunda faixa da banda, K.P. Trying, lançada em fevereiro. Esta última teve um clipe especial, em que os integrantes foram os protagonistas, buscando passar a cara da banda e o que a música significa.

O futuro do grupo já está, também, em foco. Outras sete músicas devem ser lançadas ao longo de 2021. Mesmo que longe dos palcos, por conta da pandemia, os fãs poderão, aos poucos, conhecer a banda e aproveitar o som da Kids for Nothing.

Assim, os músicos, mais do que apenas criar um projeto, são exemplo de que é possível transformar situações difíceis em oportunidades de fazer acontecer.

Destaques veranenses

Mauri Barbieri, guitarrista, é veranense. Um dos integrantes da banda, leva o nome de Veranópolis para o projeto. Além dele, Bruno Pertile, outro morador da cidade, foi responsável pela identidade visual do grupo.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios