Notícias

Governo do RS mantém a cogestão mas amplia o horário de restrição de atividades

Agora a restrição de atividades não essenciais será das 20h às 5h, diferentemente do delimitado sexta-feira, em que a restrição era das 22h às 5h

Na tarde desta segunda-feira, dia 22 de fevereiro, o governo do RS divulgou o mapa definitivo do distanciamento controlado. Na transmissão, o governador afirmou que a cogestão segue vigorando, por isso, medidas menos restritivas poderão ser adotadas pelos municípios, partindo do pressuposto da autonomia de cada região. Fato foi reivindicação das associações dos municípios.

Porém, na contramão, a restrição das atividades não essenciais terá seu período ampliado: agora, será proibida a circulação entre às 20h e 5h. Antes, a restrição era das 22h às 5h. A medida começa a partir de amanhã, terça-feira, dia 23.

É solicitado, por parte do governo estadual, que os prefeitos de cada município mantenha de forma rigorosa a fiscalização ao decreto, garantindo que o avanço da covid-19 não continue.

Em Veranópolis, fiscalização foi realizada nesse final de semana, saiba mais clicando aqui.

Fato foi divulgado em transmissão ao vivo, veja:

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

26 Comentários

    1. Edu Gaitaço derepente se ele usa-se o dinheiro que venho pra saúde não taria desse geito vc quer culpa o povo culpa esse larápio desgraçado ladrão safado desviou o dinheiro da saúde pra paga contas ele e o culpado! Não nós ! 👍

  1. Sério tava se gavando trazendo doentes de fora não tem capacidade nem de cuidar os daqui ! Sério esse o pior governador da história do RGS vagabundo ,covarde , ladrão safado usou o dinheiro da saúde pra pagar contas ou vcs escreceram já ! Povo covarde que aceita ! 👏👏👏

  2. A culpa não é do presidente, do governador, do prefeito a culpa é de quem aglomerou, de quem saiu, foi na praia, saiu pra fazer festinhas, agora quem paga o pato é quem seguiu as regras direito, os culpados são os irresponsáveis que saíram e foram pra festas e praia com milhares de pessoas morrendo, não é pq as coisas estão liberadas que vc precisa ir.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios