Notícias

Colégio Regina Coeli retornará com as aulas presenciais da educação infantil, 1º e 2º ano nesta terça-feira

Medida foi permitida após aval do governo do RS, que flexibilizou o decreto estadual. Retorno das demais turmas está datado para a próxima semana, dependendo da classificação do município diante do distanciamento controlado.

Na tarde desta segunda-feira, dia 22 de fevereiro, o governo do RS divulgou o mapa definitivo do distanciamento controlado. Na transmissão, o governador afirmou que nas localidades com bandeira preta, que é o caso da Serra Gaúcha, apenas será permitido a volta às aulas presenciais para alunos da educação infantil, 1º e 2º anos do ensino fundamental. Os demais grupos, devem seguir em ensino remoto.

A medida é uma resposta a solicitação dos municípios do estado, juntamente a constatação de que, crianças nessa faixa etária, estão em um momento ímpar de desenvolvimento.

Em Veranópolis, o Colégio Regina Coeli, instituição de ensino privado, começará seu ano letivo nesta terça-feira, dia 23 de fevereiro, com as turmas da educação infantil, 1º e 2º ano. O retorno integral das atividades estava datado para esta segunda-feira, dia 22 de fevereiro, porém, não pode ocorrer por conta das restrições feitas pelo governo do RS na última sexta-feira, dia 19.

As demais turmas, que dizem respeito ao 3º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, terão o retorno das atividades na próxima semana, podendo ser elas de forma presencial ou on-line, dependendo da classificação do município no distanciamento controlado e da situação da pandemia de covid-19.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

5 Comentários

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios