Notícias

Cirurgias eletivas seguirão sendo realizadas no Hospital São Peregrino Lazziozi, de Veranópolis

Uma revisão diária da situação de internações no hospital, porém, será feita diariamente até o dia 1º de março. Caso a situação se agrave e caso haja superlotação, as cirurgias serão canceladas.

As cirurgias eletivas seguirão acontecendo no Hospital São Peregrino Lazziozi, localizado no município de Veranópolis. A decisão foi realizada após análise da situação da casa de saúde por toda a equipe diretiva e comitê de enfrentamento da covid-19. Para garantir que essa medida não cause uma superlotação de leitos clínicos, o hospital irá revisar, todos os dias, até 1º de março, a situação funcional da instituição. A partir disso, decidirão se no dia seguinte, seguirão sendo realizadas as cirurgias ou não.

Neste momento, já foi analisada a situação para o dia de amanhã, 24 de fevereiro, e as cirurgias serão realizadas normalmente. Agendamentos de novos procedimentos seguirão ocorrendo.

A preocupação com essa situação surgiu após a classificação da região da Serra Gaúcha em bandeira preta e a emissão de um comunicado da Secretaria da Saúde orientando que os hospitais de todo o Estado suspendessem as cirurgias eletivas não emergenciais até 31 de março.

O HCSPL não possui Unidade de Terapia Intensiva (UTI), porém atende pacientes em leitos clínicos, por se tratar de um hospital de média complexidade.

Atualmente, oito dos treze leitos destinados para casos de covid-19 (confirmados ou suspeitos), estão ocupados no hospital. Esse número se mantém como uma média nas últimas semanas, não gerando maior preocupação. O receio da equipe diretiva é que haja maior procura nas próximas semanas, por conta do aumento de casos positivados. A situação seguirá sendo avaliada de perto.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios