Geral

Em uma semana, Brasil já vacinou mais de 700 mil pessoas contra a Covid-19

Em uma semana de vacinação contra a Covid-19 o Brasil já imunizou pelo menos 701.094 pessoas, de acordo com um levantamento feito pela CNN.

Os dados, atualizados neste domingo (24) até às 14h, tem como base informações das prefeituras e governos estaduais que divulgaram o balanço preliminar da vacinação.

Doses da vacina de Oxford destinadas a SP chegam em dois voos, diz Saúde
O estado da Bahia lidera a lista de imunização, com mais de 171 mil vacinados. Em seguida, aparece São Paulo, com mais de 128 mil, e o Rio de Janeiro, onde pouco mais de 89 mil pessoas já receberam a primeira dose da vacina.

O país começou o seu processo de imunização contra o novo coronavírus no último domingo (17), após a aprovação do uso emergencial da Coronavac pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada Brasil. Ela recebeu o imunizante no Hospital das Clínicas de São Paulo

É importante ressaltar, no entanto, que nem todos os estados e municípios divulgaram informações sobre a campanha de imunização até o momento – o que significa que o número de vacinados pode ser maior.

Alguns estados informaram à CNN que aguardarão a concentração dos dados por parte do Ministério da Saúde, que prometeu divulgar uma plataforma até o final desta semana com o balanço da vacinação.

Até o momento, os estados que não divulgaram os dados (nem por meio do governo estadual, nem por meio da prefeitura da capital) são: Acre, Amapá, Minas Gerais, Pará, Roraima, Sergipe e Tocantins.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios