You dont have javascript enabled! Please enable it!

Notícias

Animais vítimas de maus tratos são resgatados em Veranópolis

Animais foram resgatados em situação bastante debilitada | foto: Michelle Pértile/Studio

Cerca de 20 cães, cavalos, gansos, jumentos, ovelhas, entre outros animais foram resgatados na tarde desta segunda-feira, dia 11 de janeiro, na comunidade de Lajeadinho, em Veranópolis. A captura foi decorrente de uma denúncia anônima de maus tratos. A Patrulha Ambiental da Brigada Militar (PATRAM), junto a ONG Instinto Coruja e Fiscalização da Prefeitura do município deslocaram-se até o local para averiguar o fato.

Na propriedade em questão, foram constatados os maus tratos, além da presença de animais mortos. Neste momento, a PATRAM encontra-se no local, e irá lavrar o flagrante da ocorrência, fato que responsabilizará os proprietários pelo crime de maus tratos.

Agora, os animais serão encaminhados aos cuidados de médicos veterinários, que os tratarão, visto que, eles se encontram em uma situação bastante debilitada. Após todos os tratamentos, os animais serão disponibilizados à adoção, por meio da ONG Instinto Coruja.

Neste momento, o apoio da comunidade é extremamente importante. Doações são necessárias para custear os tratamentos. Para realizar transferência bancária no Sicredi: AG 0167/ CONTA 52532-4 / CNPJ 10.426.279/0001-23. Na Caixa: AG 0528 / CONTA 64685-0 / OP 013 / CNPJ 10.426.279/0001-23. O PIX também pode ser uma forma de doação, basta usar o CNPJ da ONG.

Studio conversou com responsáveis pela captura para conferir a situação dos animais, assista

📰 Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então faça parte de nosso grupo. Caso queira receber nossas notícias no Telegram, assine nosso canal.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

56 Comentários

Clique aqui para fazer um comentário
error: Este conteúdo é protegido