Sábado de feriadão tem fiscalização contra a Covid-19 na beira da praia no Litoral Norte

O sábado (26) foi de movimento nas praias do Litoral Norte do RS. Para evitar os riscos de disseminação do coronavírus, fiscais da Prefeitura de Tramandaí orientam moradores e veranistas sobre os protocolos de segurança previstos no decreto vigente na cidade.

O uso da máscara é obrigatório em toda a faixa de areia. Só para o banho de mar é permitido ficar sem. A prefeitura prevê multa de R$ 200 para quem descumprir a regra. Os fiscais distribuem folheto informativo e máscaras para quem não estiver usando.

As equipes da administração verificam também o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e de 3 metros entre os grupos familiares.

A fiscalização na beira da praia é intensificada nos fins de semana. São 15 funcionários para fazer o trabalho, em 15 km de faixa de areia.

“O uso da máscara é obrigatório, mas o uso correto da máscara, o uso do álcool em gel. Então basicamente é isso, trabalhar com a conscientização tanto dos nossos veranistas quando dos moradores locais”, observa o secretário municipal de Segurança, Claudiomir da Silva Pedro.

O empresário Josemir Rolim Kayser veio de Rolante para passar o feriado na praia. Ele não dispensou o uso da máscara.

“É necessário porque só quem pegou já sabe, não é fácil, peguei o vírus, fiquei dez dias meio mal. Graças a deus tô bem hoje mas não quero pra ninguém o que eu passei, não é fácil”, afirma.

Durante a noite, os fiscais percorrem bares e restaurantes para verificar se não excedem a lotação. O secretário afirma que a população vem cumprindo as orientações de evitar aglomerações.

“Mas não pode relaxar a fiscalização. Tem que ter o afastamento das mesas, tem que respeitar também com o álcool gel, o uso da máscara é obrigatório”, aponta.

Expectativa de 300 mil pessoas para a virada do ano

Tramandaí tem 52 mil moradores e a população dobrou no Natal. A expectativa é que mais de 300 mil pessoas estejam na cidade para a virada do ano. A preocupação da prefeitura é com o aumento dos casos de Covid-19.

Os 11 leitos de UTI da cidade estão ocupados. Tramandaí teve 55 mortes pela doença.

Para evitar riscos, o aposentado Luis Amaro, de Rosário do Sul, toma todas as precauções para o veraneio. Ele pretende ficar até a metade de janeiro na praia.

“Não é confortável mas é necessário, vamos se prevenir e prevenir pra não passar esse vírus pra outras pessoas nem receber de volta. Então temos que aguentar, faz calor, aguentamos a máscara, tudo bem”, diz.

Com informações do Portal G1 RS.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios