Policial

Professor é a vítima de homicídio ocorrido nesta madrugada em Carazinho

Segundo o Portal Diário da Manhã, Roberto Alessandro Mocinho Santolin, de 40 anos, vítima de um homicídio ocorrido na madrugada desta quarta-feira (25), em Carazinho, era professor de Educação Física e trabalhava na rede estadual de ensino no município.

Conforme a Brigada Militar (BM), o professor foi morto atingido por um tiro na nuca por volta de 1h45min na Avenida São Bento, nas imediações do bairro Floresta. Os policiais foram acionados por populares que ouviram o disparo e avistaram o homem caído em via pública. Até o momento, ninguém foi preso.

Segundo a Secretaria de Educação de Carazinho, o professor atuou na rede municipal de ensino por dois anos, tendo lecionado na Escola Municipal Presidente Castelo Branco. Roberto foi nomeado em 14/02/2018 e exonerado em 14/10/2020, após passar por um processo administrativo disciplinar.

Como professor do Estado, ele estava lotado atualmente na biblioteca do Núcleo Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Neeja). Roberto também realizou ações sociais e esportivas no município, com apoio da Fundação Desportiva e Cultural de Carazinho (Fundescar).

A investigação do caso deve ficar a cargo da Delegacia de Polícia (DP) de Carazinho. Esta é a 17ª morte violenta do ano registrada em Carazinho. Segundo a BM, Roberto seria usuário de drogas.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios